Random

Barulho. Tanto barulho lá fora. Da minha cabeça, quero eu dizer. Não me consigo concentrar porque não me consigo ouvir. Pego na máquina fotográfica e tento abstrair-me do que se passa à minha volta. Lá estás tu a um canto, em silêncio. Um silêncio que na minha cabeça soa como gritos. Tenho quase vontade de pegar nas minhas coisas e sair dali. Não posso. Olho pela máquina em meu redor. Faço-a parar estrategicamente sobre ti. Carrego no disparador como se de uma arma se tratasse. Um click. Dois. Continuas lá. Agora eternizado na minha máquina para me trazeres ainda mais lembranças à cabeça. Levanto-me disparada para fugir. Fugir de ti. Tenho medo de ti, do que me fazes sentir e querer fazer. Dás demasiadas facadas no meu corpo por te esqueceres. Não gosto que se esqueçam de mim. Nem que me enganem. Nem que me mintam. Mas isso é outra história para mais logo. Agora vou dormir.

Anúncios

One thought on “Random

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s