A cor do ciúme

Podia mentir-te para te deixar feliz ou simplesmente esconder-te o passado que por vezes é ainda tão presente. Jamais te quis fazer isso por te amar em demasia. Desculpa se te magoo sempre que me dirijo a ele. Tu sabes do meu passado e sabes que o meu passado o inclui. Nunca me peças para te contar o que afinal se passou entre nós. As palavras andam longe de conseguir explicar tudo o que aconteceu por ter estado mais perto da ilusão do que da realidade. Ele esteve presente. Ele continua presente. Mas de outra forma. De uma forma em que nada deves temer. Contigo vejo um futuro que nunca vi com ele.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s