O mundo parou de girar

O mundo parou de girar e eu de girar com ele. Nada mais há a ser feito aqui. Toda a gente partiu. Eu fiquei. Parada, na sombra das vossas vidas, no sorriso que os vossos olhos escondem. Perdi-me do fio que me ligava a ti, que me fazia dançar e ignorar qualquer pensamento que não fosse no mínimo positivo. Cai chuva lá fora e eu caio com ela. Cada vez mais fundo. A água está fria e molha-te o rosto com gotas que nada mais são do que lágrimas minhas. Gostava que o sol aqui brilhasse. Mas está escuro demais para isso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s