Odiar-te, é apenas uma forma de te amar

Odeio tudo em ti. Não estou a brincar. O teu cabelo, os teus olhos verdes. Quando me tocas ao de leve com a tua mão na minha só para te despedires. Odeio quando me olhas de esguelha na presença de outras pessoas e manténs o teu olhar sério. O que vai na tua cabeça nesses momentos? Quem me dera que este ódio não contivesse apenas amor no seu interior. Que te conseguisse realmente odiar. Seria a desculpa perfeita para me poder afastar de ti. Mas não consigo. O meu corpo precisa de ti. Os meus mais ínfimos desejos chamam por ti. Os dias não são nada sem uma mensagem tua mesmo que seja para me mal tratares. Tornei-me dependente de ti. E tu, com esse sorriso malicioso, continuas à minha espera. À espera de que o primeiro passo seja sempre meu. Assim, se alguma coisa correr mal, a culpa terá sido toda minha.

tumblr_mg4bno2TrQ1rqftngo1_500

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s