Memórias de ti deixo-as por cá

Queres que te diga mais o quê? Que te amo? Eu amo-te! Amo-te até às entranhas do meu ser, amo-te tanto que te chego a odiar. Estás satisfeito agora? Claro que não. Jamais ficarás satisfeito. Muito menos saciado de palavras, de jogos que ganhas em segundos, de momentos que sabes ter na mão. E depois ergues-te perante mim com esse olhar de superioridade de quem tem tudo controlado mas corres a refugiar-te nas tuas próprias palavras que não ousas mostrar a alma alguma. Sabes que te menti? Tenho a mala feita.

image

Anúncios

One thought on “Memórias de ti deixo-as por cá

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s