“Até o Sol se deixa afectar pela Lua”

As estrelas roubaram-me o céu numa inquieta dança ao ver-me esperar por ti. Sabia bem que iria ser a nossa despedida. Que tinha que ser a nossa despedida. Havia fios demais a prender-me o corpo. A prender-me a ti.  Sempre por perto mesmo longe, a fazer-me voltar contra a minha vontade, a fazer-me querer ter-te contra o meu peito, recordando noite solitária cuja memória ja se desvanesceu. Gostava que não soubesses que me tens na mão. Que me tiveste, nem sei. Gostava que soubesses que se calhar isto até teria resultado. Teria feito com que resultasse antes de dar cabo de tudo. Como sempre. E fico-me a questionar: será que alguma vez cheguei a ter um pouco de ti? Fazes-me mal mas até o Sol se deixa afectar pela Lua.

image

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s