Desvanecendo

Vou pensando em ti cada vez menos. Talvez o silêncio que impusemos entre nós fosse realmente o remédio para te tirar do meu sistema sanguíneo. Claro que te mentia se te dissesse que não me lembro de ti várias vezes. A noite, por exemplo, continua a ser a principal impulsionadora desse processo mental. Tentei recorrer a outros corpos para que a tua imagem se desvanecesse, no entanto continuo incapaz de controlar aquilo que considero a minha loucura por ti. Sinto falta dos poemas que trocávamos pela noite fora. Nunca achaste estranho que apenas falassemos quando o sol já se tinha posto? A escuridão tornava tudo o que tínhamos mais simples, criava a ousadia que não existia devido ao receio que com a luz nascia. Sinto a tua falta todas as noites.

image

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s