A fuga

Quando era pequenina acordava muitas vezes com o sino a tocar a meio da noite. Era o som de quem ouvia a Natureza a pedir socorro. Toda a gente saía das camas, pegavam nos poucos acessórios capazes de enfrentar o fogo e lá se uniam para travar o vermelho que passava a iluminar a escuridão. Agora já não se ouve o sino a tocar. Mas o cheiro continua presente. O cheiro que invade os teus pulmões, perfuma os nossos cabelos e vai pintando tudo de cinzento à nossa volta. São poucas as pessoas que conhecem a sensação de ter que fugir de algo. Não aquele fugir como quando evitamos alguém. O outro. Aquele que nos obriga a pegar no que mais amamos em poucos minutos e a correr. Um das piores memórias da minha vida é exactamente esse quadro. Uma tarde de filmes de Verão na companhia da Cecília, como tantas vezes fazíamos, e do nada: as chamas. Chamas por todo o lado. Os gritos da tua mãe desesperada. A luta do teu pai contra um fogo descontrolado. O som do helicóptero que te sobrevoa. Pegas nos teus animais porque são família. E corres. Ou tentas correr porque nestas alturas a força falha. Já perdi a conta às vezes em que abria a janela para não ver mais o verde que me circundava habitualmente. Aquele cheiro a Natureza que não se pode sentir numa cidade. A minha vila era privilegiada neste aspecto: o verde. O verde por todo o lado, a perder de vista. Diziam que era a maior floresta de pinheiro bravo da Europa. Depois o fogo chegou e o verde deu lugar ao negro. A Natureza soube renascer para novamente perder uma batalha atrás da outra. Hoje o fogo voltou. E as pessoas voltaram a sair das suas camas. Desta vez não para ajudar mas sim para fugir.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s